Qigong e Fosfenismo
QIGONG E FOSFENISMO

A prática do Fosfenismo permite aumentar o seu Qi, chi, ki rapidamente.

QIGONG - CHI - KI

O Qigong é uma ginástica tradicional chinesa extremamente antiga permitindo controlar a energia chamada o Qi ou chi (pronunciar ki). O postulado de partida é o seguinte: a energia do universo e a energia do nosso corpo interagem, combinam-se. É possível estimular esta energia e fazê-la circular através de movimentos, respirações e visualizações.

Para os Chineses, todas as doenças são sobretudo um bloqueio do ki. A cura acontece quando a energia bloqueada for reposta em circulação. A estimulação do ki pelos meridianos, a investigação do equilíbrio do yin e o yang são os princípios que se encontram na medicina chinesa e nas artes marciais. Alguns praticam o Qigong o antepassado comum aos dois.

O Qigong medical sobe a milhares de anos antes da nossa era. Proscrito na China durante a revolução cultural, volta a ser acessível ao público no fim dos anos 70. Em 1979, desenrola-se em Pequim o primeiro Seminário Nacional de Investigação Científica sobre o Qigong e no mesmo ano vê-se a fundação do Instituto Nacional de Qigong.
Os estudos efetuados na China, no Hospital Kuangan Men de Pequim, mostraram a incidência do Qigong sobre a cura do cancro. Sem se substituir à quimioterapia, a prática do Qigong aumenta consideravelmente as possibilidades de cura e torna esta muito mais rápida.

Se o Qigong tem inegavelmente virtudes curativas, são sobretudo os seus efeitos preventivos que nos interessam. Favorecendo a circulação da energia, o Qigong impede a formação dos bloqueios e permite por conseguinte o mantém da saúde. Acordamos reconhecer-lhe os efeitos benéficos seguintes: mais tónico, flexibilidade e equilíbrio, um sentimento de bem-estar e de calma mental, uma potência de concentração acrescida e um desenvolvimento da confiança em si.

Ora, estes efeitos são também os que se atribuem à prática do Fosfenismo. E quando duas técnicas conduzem a resultados similares, o seu encontro cria uma sinergia suplementar. A prática do Fosfenismo torna-nos muito mais atentos às sensações. Favorece por conseguinte a tomada de consciência do seu corpo, o que permite progredir mais rapidamente. Além disso, graças ao fosféno, a concentração sobre o exercício é facilitada e a qualidade da visualização melhorada. A energia FOSFÉNICA torna a sessão muito mais tónica e os resultados não se fazem esperar. A prática do Qigong cria condições favoráveis à continuação do Fosfenismo.

Os fosfénos são todas as sensações luminosas que não são produzidas diretamente pela luz que estimula a retina. Os fosfénos podem ser produzidos por curtas fixações de fontes luminosas.

qi gong

Como trabalhar o Qigong com os fosfénos:

Se pratica em frente do sol, pode fazer fosfénos fixando o sol alguns segundos através de um pedaço de tecido.
Retire sempre os seus óculos ou lentes de contacto quando pratica com o sol. Poderiam fazer um efeito de lupa e queimar a sua retina.
Inicialmente, faça o exercício como geralmente, com um fosféno e depois a venda ocular.
Em segundo lugar, faça o exercício mentalmente na presença do fosféno.
Desta maneira, trabalhará sobre o mioféno, o equivalente do fosféno para a atividade muscular.

© Fosfenismo - Extrato de «Universo Energia Fosfénica».

FOSFENISMO - Escola do Dr. LEFEBURE
Pratique também o Fosfenismo.

Faça o download GRATUITAMENTE

«UNIVERSO ENERGIA FOSFÊNICA»

e aprenda a transformar
a energia luminosa em energia mental.