GIROFÉNO

Alain R.
Senti uma coluna de energia que se pôs a subir de repente da parte inferior da minha coluna vertebral assim que a cadeira parou. Esta energia subiu até à cabeça, seguidamente encheu o meu crânio como uma meia esfera invertida. A energia saiu então pelo meu 3° olho. Foi como se tivesse um radar que detetava toda esta coluna de energia. Sentia esta energia em mim e visualizava-a ao mesmo tempo como um espetador. Estava no escuro total, com todas as luzes apagadas, via tudo o que se passava à minha volta. Via este raio que varria como um radar girando em redor do eixo do meu corpo. Sentia tudo que encontrava este raio durante a sua rotação.


Denis LR.

Atraído pelas danças dos Dervixes Giratórios, com o propósito da realização do meu eu supremo e após ter estudado conscienciosamente o livro do Doutor Lefebure «Fosfenismo e Dervixes Giratórios», sobre as suas preciosas indicações, arranjei um assento rotativo para ativar ainda mais o Giroféno.

Quereria dizer-lhe que tinha razão, os resultados são bem mais potentes que os obtidos pela simples dança Dervixe. Não sei se existe uma experiência mais profunda que a de comunicar com as forças do cosmos, mas por enquanto, encontrei uma verdadeira via de investigação direta e que permite realizar-me completamente.